15 de janeiro 

 

Anti-depressivos

 

Leitura Bíblica: Tito 1.1-11

 

... ensinando coisas que não devem, e tudo por ganância (Tt 1.11).

 

      Uma reportagem em uma revista começava assim: "Não importa o nome do deus ou se há deus, a medicina começa a incluir em suas práticas o instrumento da espiritualidade no cuidado com os pacientes. Isso significa usas a favor do doente sua crenças em uma religião ou sua busca de aprimoramento espiritual por meio de outros caminhos que não os religiosos".

      Há tempo já a medicina, a psicologia e a mídia vêm considerando a fé e a oração como práticas terapêuticas. Comprovam sua eficácia na recuperação de doenças, na estabilidade emocional e na prevenção contra estresse, pânico, depressão e hipocondria.

       A fé anunciada pela ciência e a mídia como suporte à saúde é um tipo de antidepressivo espiritual. Ela ajunta e amontoa qualquer coisa em nome da espiritualidade terapêutica. A fé terapêutica deve funcionar agora, já, sem dividir, sem verdade absoluta, sem o Deus da Bíblia, sobretudo sem o seu Filho, o Senhor Jesus. Jesus disse aos seus discípulos: "Quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?" (Lc 18.8). Quando Jesus voltar não haverá um deserto de fé, mas possivelmente um amontoado de vários tipos de fé, todas elas enganando muito bem. Nessa multidão de fés, como distinguir a que é dom, presente de Deus? Qual a fé que conduz ao perdão dos pecados, à salvação, à justificação e à santificação?

       Embora o antidepressivo espiritual anunciado pela ciência e até por religiosos engane a muitos, Deus não nos deixa sem o seu testemunho. A fé salvadora, o dom de Deus, está centralizado na pessoa de Jesus e só é possível recebê-la quando ouvimos Jesus e acolhemos suas palavras.

        A fé salvadora trabalha voltada para o bem celestial e eterno. Por isso a nossa fé em Jesus é um tesouro, pois muitos jamais  a possuirão. Se Deus o conduziu a Jesus e lhe deu fé para crer nele, vigie-a como quem guarda um precioso teSouro. - MLN

 

            A fé é um tesouro que se guarda no coração, pois procede de quem escreveu a história da salvação.