10 de Fevereiro 

 

Apertando o laço 

 

Leitura Bíblica: Marcos 13.31-37 

 

Que eu jamais me  glorie, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo (Gl 6.14). 

 

     “As religiões são caminhos diferentes, convergindo para o mesmo ponto. Que importância tem seguirmos estradas diferentes, desde que cheguemos ao mesmo objetivo? Não acredito em Deus. Não acredito no Criador. Mas respeito!”  Estas palavras foram ditas por alguém considerado no mundo de hoje uma grande autoridade religiosa e refletem bem a postura de grande parcela da população.

     Nestes últimos tempos, que a Palavra de Deus define como “tempos terríveis” (2Tm 3.1), encontramos pessoas com poder de manipulação mundial tentando conduzir o povo para várias direções. Algumas querem encaminhar as pessoas para a expectativa de mudanças com esperança de paz e apenas uma única religião. Desde que não seja o cristianismo bíblico! Se as coisas estão indo por este caminho, o que você fará do seu cristianismo? Vai deixá-lo um pouco mais barato, mais inofensivo e cada vez mais neutro, a ponto de manter um estilo de vida semelhante aos que não têm compromisso com Deus? A maioria dos cristãos ainda não conseguiu enxergar o aperto do laço do mundo porque tudo parece lindo, livre e solto. Entretanto, existe um grande trabalho por detrás dos bastidores. Todos, mesmo os mais aparentemente indiferentes, estão assumindo uma posição diante de Deus e do seu Filho Jesus Cristo. O laço abriu uma grande volta e lentamente vem apertando o ponto de não deixar ninguém escapar. Dia a dia o mundo trabalha e impõe uma nova ordem religiosa, portanto posso perguntar: a sua vida cristã tem ocupado um papel de verdadeiro testemunho de Jesus e de lutar contra essas forças? Sua fé consegue estabelecer uma definição pessoal de compromisso com Jesus em seu local de trabalho? Lembre-se: o mundo está encolhendo o espaço para os neutros. Que diariamente Deus o reavive e o mantenha firme no testemunho de Jesus. – MLN 

 

                               A liberdade que nos foi dada pelo

                           Senhor Jesus custou preço de sangue.