17 de Fevereiro

 

Holofotes

 

Leitura Bíblica: Provérbios 25.3-7

 

Não se engrandeça na presença do rei e não reivindique lugar entre os homens importantes (Pv 25.6).

 

     A projeção social é desejo de significativa parcela de homens e mulheres. Muitos alimentam esse anseio e sonham em alcançar um lugar de prestígio e hora que lhes confira autoridade sobre os outros. Em uma palavra: querem estar sob a luz dos holofotes, receber aplausos da multidão, e assim alcança vantagens e reconhecimento, na verdade nem sempre devidos. A deusa da vaidade cresce no pântano das paixões humanas, cega a luz da razão e procura justificar alguns procedimentos inaceitáveis á ética e ao bom senso. Ao que parece, essa foi a atitude de Tiago e João, discípulos de Cristo. Disseram: “Permite que na tua glória, nos assentemos um á tua direita e outro á tua esquerda” (Mc 10.37). Tal solicitação provocou repulsa, se não inveja, entre os outros dez apóstolos que ficaram indignados com os filhos de Zebedeu (Mc 10.41).

    Jesus, porém, deu-lhes notável lição de humildade afirmando: “Quem quiser tornar-se importante entre vocês, deverá ser servo” (v. 43). Servir ao próximo é um dos fundamentos básicos da vida cristã. Não é o que o Salvador nos ensinou? Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmo? O noticiário das emissoras de televisão freqüentemente mostra o afã de políticos, empresários, desportistas, líderes religiosos e outros mais buscando avidamente o foco dos holofotes. Querem a luz da fama, da primazia, da projeção e do reconhecimento social. Certamente, espero, isto não tem ocorrido com você. Administre bem seus sentimentos e controle suas tendências e apetites. Viva na humildade cristã e no anonimato do serviço do Reino de Deus. Esse é o caminho. Não reivindique por mera vaidade um lugar de projeção ou de honra indevida. Lembre-se: aquele que servir a Deus com genuíno interesse e desprendimento, receberá do Criador o prêmio do reconhecimento, de muito mais valor que a efêmera glória dos holofotes. – CT

 

     O servo fiel é iluminado pela luz de Jesus Cristo.