27 de Março

 

O seu pão

 

Leitura Bíblica: Eclesiastes 11.1-6

 

Atire o seu pão sobre as águas... e você tornará a encontrá-lo (Ec 11.1),

 

    Foi uma experiência inesquecível da minha juventude. Cenário: Salesópolis, cabeceiras do Rio Tietê. Tarefa: Lançar às águas dezenas de garrafas com folhetos falando do amor de Cristo e prometendo um exemplar da Bíblia a quem formalizasse o seu pedido. Resultado: diversas cartas recebidas das cercanias e uma proveniente de localidade Argentina na bacia do Rio da Prata.

    Lançar o pão sobre as águas, ou seja, sementes para germinar, é costume oriental praticado no Egito. O rio Nilo, quando retorna ao seu leito após as cheias, deixa suas margens extremamente fertilizadas. Solo ideal para o plantio. O homem temente a Deus é exortado a lançar o seu pão, isto é, a semear suas riquezas, repartir seus dons, socorrer os necessitados, consolar os aflitos, atender o próximo. Deve fazê-lo com espírito de serviço. O que lhe é vedado é permanecer na indolência, enterrar seus talentos, sufocar o espírito de solidariedade que Cristo faz nascer em nossos corações. Aliás, essa é uma atitude reprovada pelo autor do livro de Eclesiastes: “Quem fica observando o vento não plantará e quem fica olhando para as nuvens não colherá” (v.4). Toda atividade do ser humano que reverencia a Deus é fundamentada no reconhecimento do senhorio de Cristo sobre sua vida. Sua falha é o mau uso de sua autonomia, muitas vezes marcada por arrogância, auto-suficiência ou orgulho. Quer viver livre de compromissos com o Criador, desconhecendo a liderança do Cristo em seu viver. É imperioso que o cristão reconheça o seu lugar no exercício de sua cidadania no Reino de Deus; sua liberdade deve ser usada dentro dos limites estabelecidos pelos ensinos e pela ética de Jesus. Você não terá tempo para observar o vento ou as nuvens. Lance o seu pão, as sementes do seu caráter, do seu amor e de sua fé no cauteloso rio da vida e recolherá no tempo oportuno os frutos de sua fidelidade à tarefa que Deus lhe confiou. – CT

 

   Semear o bem, a verdade e a redenção é tarefa prioritária do cristão.