25 Abril

 

O livro correto

 

Leia 2 Timóteo 3:16-17

A lei do SENHOR é perfeita e nos dá novas forças. Os seus conselhos merecem confiança e dão sabedoria às pessoas simples (Salmo 19:7).

 

      Minha esposa recentemente me falou sobre uma aluna sua que tinha problemas para entender uma tarefa de matemática aparentemente simples. Minha esposa questionou se a tarefa era muito difícil, mas notou que outros alunos não estavam tendo a mesma dificuldade para fazê-lo. No momento que estava indo para ajudar a aluna, ela imediatamente percebeu o problema. A aluna estava usando o livro errado.

     Como cristãos, cremos que estamos utilizando o Livro correto, pelos seguintes motivos:

   ° O Autor da Bíblia. O autor da Bíblia é Deus. Paulo disse que a Escrituras é “...inspirada por Deus...” (2Timóteo 3:16). Significa que Deus estava ativamente evolvido na escrita da Bíblia. As Escrituras são as palavras infalíveis para nós.

     ° A unidade da Bíblia. Há 66 livros, escritos por 40 autores diferentes (reis, camponeses, um médico, eruditos, poetas, fazendeiros e pescadores) ao longo de um período de mil e quinhentos anos. Eles escreveram independentemente, e a maioria deles sabia muito pouco ou nada dos escritores uns os outros. Contudo, Lucas diz que seus escritos e profecias (300 deles) apontam para uma Pessoa – Jesus Cristo (Lucas 24:27).

    O estatístico Peter Stoner calculou que a probabilidade de cinco principais profecias acontecer por acaso seria um em dois quintilhões; Isto é um em 2.000,000,000,000,000,000! No entanto, Jesus diz que Ele é o cumprimento de todas aquelas profecias (Mateus 5:18).

      ° A  preservação da Bíblia. Temos mais cópias exatas e antigas dos manuscritos das Escrituras (o mais antigo tem aproximadamente quatro mil anos) do que qualquer outra fonte de história antiga ou literária.

       Deus nos deu o Livro correto. É uma resposta autorizada às perguntas da vida, que de outra forma não seriam respondidas. Podemos confiar no que a Bíblia diz (Salmo 33:4).

 

- Marvin Williams