26 Abril

 

O que Deus abomina

 

Leia-> 2 Timóteo 2:15-26

Existem sete coisas que o SENHOR Deus detesta e que  não pode tolerar (Provérbios 6:16).

 

       Após ter mudado para Uganda, soube de um voluntário que contribuiu em prol e, prol do povo da áfrica Oriental, o qual servia. No entendo, apesar de tudo que conquistou no campo de trabalho, causou danos por falar falsidades que causaram divisões entre os membros de seu grupo missionário.

    A palavra de Deus trata de tal conduta firmemente, dizendo, “Existem sete coisas que o SENHOR Deus detesta e que não pode tolerar: o olhar orgulhoso, a língua mentirosa, mãos que matam gente inocente, a mente que faz planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que diz mentiras e a pessoa que provoca brigas entre amigos” (Provérbios 6;16-19).

      O que você pensa ao ler estas coisas? Você, às vezes, se acha pensando, quem sabe até recentemente, que cometeu o que Deus abomina? É interessante e condenatório Deus colocar “mãos que derramam sangue inocente” e “testemunha falsa que profere mentiras” na mesma lista de pecados. Um ato parece ser mais abominável que o outro.

    A revelação de que na escala divina, ambos os comportamentos pesam igualmente deve servir como forte motivação para falarmos sobre Ele. Devemos ter discernimento ao falar para prevenir discórdia ou contendas entre os irmãos e irmãs em Cristo, e entre aqueles que encontramos todos os dias (Efésios 4:15).

   No trabalho, por exemplo, deveríamos evitar falar de maneira que possa colocar um colega contra outro (Efésios4:25). Se existe algum ressentimento entre você e outra pessoa, todos na sua  equipe poderão sentir a tensão. Em seqüência, a discórdia pode se espalhar por toda a sua organização.

    Considere a maneira como você está tratando seus amigos, membros da família, colegas e outras pessoas em sua vida. Se você está criando desunião com suas palavras, peça ao Senhor por sabedoria para se comportar de forma diferente e então aja na direção que Ele lhe der.

 

-Roxanne Robbins