30 Julho

 

Parte do futuro é agora

 

Leia->Isaías 11:1-9

Lobos e ovelhas viverão em paz

 

     Bafaluto, uma pequena vila de 300 habitantes em Gâmbia, mal podia sobreviver. Sem acesso a água limpa, toda a população estava presa a um ciclo de pobreza, doenças implacáveis e fome – até que Brian Harrold e Pamela Morgan, empresários irlandeses gastaram uma pequena fortuna para cavar um poço de 80 metros de profundidade para este povo. Quando lhe perguntaram o que os levou a fazer isso, Brian respondeu:  “Não prejudicar o outro neste mundo ainda é pouco.”

      Da mesma forma, o profeta Isaías viu a confusão do mundo, e retratou uma visão instigante do mundo como Deus planejou que fosse. Neste novo mundo, Deus varrerá a vasta multidão de iniquidades da humanidade, “...defenderá o direito dos pobres” (Isaías 11:4), desfará todo o impulso direcionado a violência – tanto assim que até mesmo “Vacas e ursas pastarão juntas...” (v.7). Embora uma visão como essa ecoe os verdadeiros anseios dos nossos corações, ela parece fantasiosa e irreal. Será que este trecho das Escrituras é um sentimentalismo teórico ou há exemplos concretos em nosso mundo?

     Deus não vive no abstrato – em algum lugar nebuloso do futuro. Ele vive neste momento. Apesar de Deus ter feito este mundo há muito tempo, Ele já começou Sua obra para terminá-lo. Após a catástrofe do éden, Deus acionou imediatamente Seu plano de regate através de Jesus – o resgate que seria obedientemente exemplificado pelo  povo de Deus. Em primeiro lugar, Israel, agora a igreja.

     As cartas de Paulo apresentam como nós, a tribo de Deus, somos (como diz um escritor) “um sinal antecipado da cura divina e do futuro restaurador para o mundo.” Até mesmo hoje, nosso amor, as obras de justiça e a proclamação do evangelho refletem o plano de Deus para “...a terra [que] ficará cheia do conhecimento da plória do SENHOR...” (v.9).

-Winn Coller