31 Julho

 

Os intocáveis

 

Leia->Gênesis 3:6-13

Nesse momento os olhos dos dois se abriram, e eles perceberam que estavam nus...(v.7).

 

      A vida de Yashwant Rao em Karnataka, índia, incluía alguns vícios pessoais que o envergonhavam, porém, algo mudou em sua vida. Yashwant recebeu Jesus como Salvador após um pastor em sua vila ter trabalhado amorosa e insistentemente para alcançá-lo.

     Deus o orientou para compartilhar sua fé com os dalits  ou “intocáveis”, a mais baixa de todas as castas no sistema indiano. Nos últimos anos, muitas destas pessoas humildes e envergonhadas se converteram!

     A humilhação é tão antiga quanto Adão e Eva (Gênesis 3). Ao desobedecerem a Deus e optarem por comer algo que Ele proibira (v.6), “...perceberam que estavam nus...” (v.7). O relacionamento de confiança com o seu Criador amoroso tinha se rompido. A confiança que compartilhavam também tinha sido quebrada – lembra-se a quem Adão culpou ao ser confrontado por Deus? “...A mulher que me deste para ser a minha companheira me deu a fruta...” (v.12).

     A vergonha  deles se tornou nossa. Tornamo-nos “intocáveis” – envenenados pelo pecado do primeiro homem e da primeira mulher. Mas, esse não é o final da história...

    Assim como Yashwant Rao estendeu suas mãos de misericórdia aos dalits da índia, Deus estende Sua graça a nós. “... De fato, muitos morreram por causa do pecado de um só homem; mas a graça de Deus é muito maior, e ele dá a salvação gratuitamente a muitos, por meio da graça de um só homem, que é Jesus Cristo” (Romanos 5:15).

    Quando escolhemos receber a graça de Jesus e a salvação, somos libertos da vergonha. Somo livres para adorá-lo com alegria. Podemos ter comunhão com Ele – e com os outros – com coração limpos!

    Se você é cristão e se arrependeu dos seus pecados, a vergonha do passado se foi. Você foi promovido. Não é mais um “intocável”, pois foi tocado pela purificadora graça divina.

- Tom Felten