5 Setembro

 

Seja o vencedor

 

Leia->Números 12:1-15

...Será que o Senhor tem falado somente por meio de Moisés? Será que não tem falado também por meio de nós?... (v.2).

 

     Não consigo pensar numa ocasião em que eu tivesse que pagar para assistir a rivalidade entre irmãos em ação. Seria divertido testemunhar pessoalmente uma  partida entre as gigantes do tênis Venus e Serena Williams. Antes que as duas irmãs competissem em Wimbledon em 2008, Venus observou: “Cada uma por ai.”

   Elas são atletas profissionais, mas nós, mesmo adultos, também enfrentamos altos e baixo semelhantes e intensos – emocionalmente falando – entre nós e nossos irmãos.

   Como líder de Israel, Moisés certamente tinha desafios suficientes sem contar com o casal de irmãos irritantes. Arão e Mírian ficaram com ciúme de Moisés e o criticaram, reclamando: “...Será que o SENHOR tem falado somente por meio de Moisés?...” (v.2).

   Moisés recusou-se a confronta-los. E como ele, quando se trata de irmãos que se preocupam com minúcias, devemos reagir com humildade e lembrar que numa  “...briga; quem fica fora dela é que merece elogios” (Provérbio 20:3). Talvez tenhamos que corrigir o erro com amor, e devamos seguir o seu exemplo de mansidão. Ele “...era um homem humilde, o mais humilde do munda” (Números 12:3).

   Sendo “...[Deus] bondoso com os humildes” (Tiago 4:6), não devíamos nos impressionar por Ele defender Moisés contra seus irmãos. Observe o que ocorreu a seguir: “...Míriam foi atacada por uma terrível doença da pele, que ficou branca como a neve...” (Números 12:10). Quando servimos a Deus humildemente não precisamos tomar o conflito em nossas mãos. Podemos contar com Ele para acertar as coisas à Sua maneira, em Seu tempo.

   Agravado o conflito, jamais desejaríamos que uma irmã irritante contraísse lepra. Como Venus e Serena, só queremos vencer. Permanecer humildes e pedir a Deus que nos guie é a melhor maneira de “vencermos” quando se trata de rivalidade fraternal.

-Jennifer Benson Schuldt