7 Setembro

 

No entardecer da vida.

 

Leia-.> 2Timóteo 4:9-21

Meus queridos irmãos, sinto muitas saudades de vocês. Vocês me fazem tão feliz, e eu me orgulho muito de vocês! Portanto, continuem todos firmes, vivendo unidos com o Senhor (Filipenses 4:1).

 

      Recentemente, meu pai fez uma cirurgia cardíaca e meu sogro fraturou as costas. Após os procedimentos cirúrgicos, ambos expressaram, em lagrimas, o seu profundo afeto pelos familiares e amigos. “Amo as pessoas!”, meu sogro repetia para quem estivesse ao alcance de um abraço.

     Embora as explosões emocionais fossem atribuídas parcialmente aos medicamentos, é provável que as batalhas com a morte tenham focado naquilo que realmente importa. Ambos tinham carros, gramados e casas obsessivamente bem cuidados. No entanto, após as crises, não se preocuparam com seus bens. Somente as pessoas lhe importavam.

   A última carta de Paulo para Timóteo transmite um enfoque semelhante. Consciente de que “...a hora já chegou de eu ser sacrificado...” (2 Timóteo 4:6), Paulo implorou: “Venham me ver logo que puder” (v.9). O apóstolo sentia-se só, pois Demas, Crescente e Tito o haviam abandonado. Ele recomendou insistentemente a Timóteo: “...procure Marcos e traga-o com você...” e “Faça o possível para vir antes do inverno...”(vv.11,21).

    Paulo era uma pessoa impulsiva. De que outra forma ele poderia ter se tornado nosso maior missionário? No final de sua vida ele se importava ainda mais com as pessoas.

    Talvez por isso ele conclui sua epístola mais doutrinária com aproximadamente 30 saudações pessoais aos cristãos em Roma. Paulo sabia que a teologia ortodoxa tem pouco significado, sem as pessoas com quem compartilhar.

    O mesmo é verdade para qualquer tipo de sucesso. Warren Buffett declarou: “Conheço pessoas que têm muito dinheiro, são homenageadas com jantares e dão seus nomes às alas de hospitais, porém, ninguém no mundo as ama. Ao envelhecer você medirá o seu sucesso na vida pelo número de pessoas que o amam de verdade. Esse é o teste final para a sua maneira de viver..”

-Mike Wittmer