16 Setembro

 

Contra tudo

 

Leia-> 1 Samuel 14: 1-23

...se ele nos ajudar, nada poderá impedi-lo de nos dar a vitória, ainda que sejamos pouco (v.6).

 

     Ao  refletirmos sobre as vitórias dramáticas registradas na Bíblia, pensamos imediatamente em Davi e Golias. Com certeza você lembra da história de um jovem e destemido pastor de ovelhas que derrotou um enorme guerreiro filisteu usando uma funda e uma tonelada de confiança em Deus  (1 Samuel 17:1-50). Esquecemos que antes de Davi matar o gigante, Jônatas (que se tornaria um dos amigos mais íntimos de Davi) demonstrou grau de coragem e confiança semelhantes.

   Aqui está o cenário. O exército de Israel estava em situação perigosa. Os filisteus tinham reunido uma poderosa tropa armada até os dentes e pronta para a batalha. Desarmados e em número muito inferior aos milhares de filisteus, os homens de Israel fugiram para as montanhas e se esconderam nas cavernas (1 Samuel 13:6-7).

   Finalmente  Jônatas, o filho do rei de Israel, se cansou de viver amedrontado e decidiu tomar uma atitude. Ele e seu escudeiro desafiaram um acampamento filisteu estrategicamente posicionado no alto de um despenhadeiro. À primeira vista parecia uma missão suicida. Porém na visão de Jônatas “...nada poderá impedi-lo de nos dar a vitória, ainda que sejamos poucos” (1 Samuel 14:6). Através de uma miraculosa cadeia que eventos, Jônatas e seu companheiro surpreenderam o acampamento filisteu (vv.8-14). A vitória deles desencadeou um enorme pânico que tomou conta de todo o exército filisteu e o levou à derrota (vv.15-20).

    Contra todas as possibilidades, naquele dia Deus salvou Israel. Pode não ser tão dramaticamente óbvio, mas às vezes Ele nos levará a enfrentar situações em que todas as circunstâncias parecerão estar contra nós. Por que todo esse drama e suspense? Talvez para aumentar nossa reverência e confiança nele. Pois não somos nós que vencemos as batalhas, mas Deus.

-Jeff Olson