23 Setembro

 

Morrer para a vida

 

Leia-> Atos 9:36-42

Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o Pai de vocês, que está no céu (Mateus 5:16).

 

     Recentemente, li um cartaz que dizia: “Quando nasceu, você chorou e  mundo se regozijou. Viva sua vida de tal maneira que, quando morrer, o mundo chore e você se regozije.” –Provérbio Indígena (Cherokee)

     A história de Tabita (Dorcas, em grego) é triste. Tabita era uma dedicada seguidora de Cristo. Não se sabe muito mais do que isso a respeito dela. Porém esta descrição em uma frase diz muito: “...Ela usava todo o seu tempo fazendo o bem e ajudando os pobres” (Atos 9:36).

   Tabita era uma boa pessoa. Mas, infelizmente, às vezes os bons morrem cedo. Mesmo assim, parecia tão trágico, um desperdício até, que uma obreira tão útil, amada, bondosa e incansável como ela morresse de maneira tão repentina e inesperada (v.37). Isso nos mostra que a morte pode chegar inesperadamente, até mesmo em meio a um ministério frutífero.

    Até aquele momento, Pedro havia realizado apenas duas curas (Atos 3:6 e 9:34), mas ele não havia feito algo tão dramático ou difícil quanto ressuscitar um morto. Portanto, foi um ato de fé da parte de Pedro, ao saber do fato, ir até Jope para encontrar Tabita (vv.39-41).

    Quando da sua chegada, nos contam que “...Todas as viúvas ficaram em volta dele [Pedro], chorando e mostrando os vestidos e as outras roupas que Dorcas havia feito quando ainda vivia”  (v.39). Que testemunho de uma vida bem vivida. Quando Pedro orou e Tabita voltou a viver, deve ter sido um momento de grande alegria.

   Quando você partir, será que sentirão sua falta? Será que muita gente vai chorar por você? Que testemunho de boas obras você deixará para trás? Será que haverá vestidos e outras roupas para serem mostrados? Quando nasceu, você chorou e o mundo se regozijou. Porém, quando você morrer, será que o mundo irá chorar enquanto você irá se alegrar?

-K. T. Sim