29 Setembro

 

Quebrar o lápis?

 

Leia-> 2 Samuel

...Eu serei bondoso como você por causa de Jônatas, o seu pai. Eu lhe darei de volta todas as terras que pertenciam ao seu avô Saul, e você será sempre bem-vindo à minha mesa (v.7)

 

   Eu ouvia um programa de rádio que tinha a participação dos ouvintes, por telefone, era um debate sobre fazer e quebrar promessas. Um dos apresentadores resumiu o consenso ao declarar: “Para a maioria de nós, quebrar promessas é comum como quebrar um lápis. É um estilo de vida, é o que as pessoas esperam hoje em dia”.

   O rei Davi não pensava assim. Em 2 Samuel 9 vemos o seu empenho em cumprir promessas feitas a Jônatas, aproximadamente 15 anos antes (1 Samuel 20:14-17). As atitudes dele teriam impressionado as pessoas naquela época. Quando um novo rei chegava ao poder costumava tratar a antiga família real como inimiga, exterminando-a completamente.

   Em contraste, vemos Davi lhes demonstrando a bondade de Deus (v.3) Como? No versículo 7 observamos que Davi oferece a Mefibosete; proteção, provisão e uma posição. Davi não só demonstrou ter misericórdia dele e o protegeu, mas restituiu sua herança. Ele não apenas o salvou da sombra da morte, mas também preparou um lugar na mesa do rei e o tratou como filho.

   Vemos a profundidade da bondade de Deus nas Suas promessas sob a nova aliança que fez conosco. Ele nos oferece proteção, provisão e posição muito acima daquilo que Davi poderia oferecer a Mefibosete. Ele nos garante a salvação quando nos achegamos a Jesus Cristo em arrependimento e fé – prometendo que nunca nos deixará nem abandonará. As Suas provisões para nós são: Jesus, o Espírito Santo, Sua Palavra, Sua igreja e o sustento das nossas necessidades físicas e espirituais. Em Sua graça Ele nos concede a posição de sermos Seus filhos e herdeiros da vida eterna.

   Aos olhos do mundo, Davi demonstrou graça e misericórdia supremas a Mefibosete, mas é apenas um reflexo apagado da graça e misericórdia que Deus demonstra por nós a cada dia.

-Kevin Gregory