13 Outubro

Águas e noites

Leia-> Marcos 6:45-51
Jesus falou com eles, dizendo: “Coragem, sou eu! Não tenham medo!” (v.50).

     
No filme Mar em Fúria, um capitão e sua tripulação partem naquela que esperam ser uma pescaria comum. Em sua busca por resultados mais lucrativos, eles vão muito além de sua área de pesca costumeira. Lá eles têm enorme sucesso, mas no retorno se deparam com a terrível combinação de duas frentes de ar e um furacão. A tripulação luta para tentar atravessar as águas profundas, na noite escura, com ondas implacáveis e ventos cortantes. Finalmente, são vencidos pela forte tempestade.
     Quando os discípulos atravessavam o Mar da Galileia a caminho de Betsaida, eles também foram pegos por uma feroz tempestade – por águas turbulentas e profundas, e pela noite escura. Eles lutaram para atravessar as ondas implacáveis e os ventos cortantes. Apesar de não poderem ver Jesus, Ele os via (Marcos 6:48). Jesus viu a sua exaustão, o desespero e a falta de progresso deles. Ele não apenas os viu, mas foi ao encontro deles de maneira inesperada e poderosa: andando sobre as águas (vv.48-49). Quando Jesus andou sobre a água, Ele lhes deu um vislumbre do poder ilimitado de Deus. Apesar de eles não conseguirem falar, Jesus lhes falou: “Coragem, sou eu! Não tenham medo!” (v.50). Sua presença lhes deu coragem.
      Se você está passando por águas profundas e noites escuras, tenha três coisas em mente: 1) Quando você não vê Jesus, Ele o vê. Ele vê o seu esforço, cansaço, tristeza, medo, e falta de progresso, e se importa com você. 2) Quando você não consegue vir a Jesus, Ele vai até você – de maneiras inesperadas e poderosas. Nem sempre para nos libertar, mas também para nos lembrar de que Ele ainda está no controle e não nos deixará afundar. 3) Quando não podemos falar com Jesus, Ele fala conosco e diz as poderosas palavras: “Não tenham medo!”.
-Marvin Williams