20 de Dezembro

 

Martírio

 

Leitura Bíblica: Mateus 10.32-42

 

Quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim (Mt 10.38).

 

      Um afegão foi processado em Cabul e condenado à morte por converter-se ao cristianismo. Abdul Rahman foi preso depois de sua família o acusar de se tornar cristão. Durante a audiência, ele teria confessado que se converteu ao cristianismo 16 anos atrás enquanto trabalhava com um grupo internacional cristão de ajuda a refugiados afegãos no Paquistão.

     O promotor disse que propôs retirar a acusação se Rahman voltasse atrás, mas ele se recusou. Disse que é a sempre será cristão. Uma notícia assim é como uma linda sinfonia, embora dolorosa para o processado que corre risco de vida. São poucas as vítimas cristãs que recebem destaque por causa de sua fé. Muitas vítimas são silenciadas com a morte antes mesmo de chegarem sua Bíblia e vão enfrentar a oposição à salvação pelo sacrifício de Jesus

       O texto da leitura de hoje já foi lema de muitos que perderam a vida por amor a Jesus. Hoje ele soa quase vazo, é quase desconhecido, quase fora do foco atual, quase sem sentido. Aquele testemunho veio à tona, está falando alto e lembrando aqueles que no oculto foram mortos e enterrados sem justiça. Testemunhos dessa natureza devem ser motivo para nossas orações intercessórias. A igreja do Senhor Jesus é um corp, e o corpo inteiro participa do sofrimento de qualquer membro atingido. Embora distantes, não estamos separados dos irmãos que estão do outro lado do mundo. O Espírito que habita em quem expõe a vida por Jesus também está em nós que habitamos em segurança. Podemos ver a ação de Deus no mundo sem ter parte visível nela, mas se sustentarmos essas testemunhas em oração, demonstraremos a nossa união com o Pai, com o Filho, com o Espírito e uns com os outros. Que a realidade da unidade nos aproxime mais dos irmãos que sofrem por amor a Jesus. - MLN

 

       A melhor maneira de anunciar que o Filho de Deus está entre nós pela unidade em amor.