21  de  Dezembro

 

Tempo de ceia

 

Leitura Bíblica: Lucas 22.7-20

 

Quando você se assentar para uma refeição com alguma autoridade, observe com atenção quem está diante de você (Pv 23.1).

 

      Fast food é o nome dado ás refeições em lanchonetes. Alguém já disse que food(refeição) nunca foi feita para ser fast(rápida), explicando assim os altos índices de obesidade nos nossos dias. Em razão da urgência e volume de coisas a se fazer no nosso dia-a-dia, a velocidade e praticidade das refeições têm substituído o tempo gasto para prepará-las e degustá-las. A exceção virou a regra, a exceção. Em toda as culturas as refeições significam (ou deveriam significar) marcos dentro da sociedade e da vida do homem. São momentos em que lideranças selam acordos e estabelecem objetivos comuns, ocasiões quando amigos compartilham problemas e alegrias, oportunidades para casais declararem o amor de um para o outro, situações nas quais às vezes filhos recebem disciplina de seus pais e quando sozinho se pode ter um dos poucos momentos de introspecção do dia. Mas para tudo é preciso haver tempo, em quantidade e qualidade. No texto de Lucas vemos que a Ceia de Jesus foi um momento especial num local especial, local de festa e de convidados especiais. Exigiu obediência dos discípulos na busca do lugar indicado e seriedade nos preparativos e "quando chegou a hora" finalmente puderam cear e ali ter um momento íntimo de comunhão com o Senhor.

      Que possamos ter a mesma dedicação e sabedoria no tempo usado para celebração da Ceia na casa do Senhor. Mas que não façamos dela um mero ritual e sim momentos de festejar o convite para o seu Reino que, de braços abertos, Jesus nos entregou na cruz, reafirmar nosso compromisso com ele, estabelecer objetivos dentro de sua vontade, compartilhar com ele dificuldades e vitórias, declarar nosso amor a ele, avaliar nossos corações, aceitar sua disciplina e com ele brindar a um "novo dia" em nossas vidas. - CE

 

     Cultive a intimidade de uma refeição com Jesus.