28 de Dezembro

 

Bons olhos

 

Leitura Bíblica: Mateus 6.22-23

 

Deus me fez prosperar na terra onde tenho sofrido (Gn 41.52).

 

       Dependendo da forma como enxergamos a vida, podemos considerar-nos o mais feliz ou o mais infeliz de todos os homens. A maneira com que enxergamos os acontecimentos pode traze para o nosso corpo luz ou trevas. Podemos olhar para os problemas e limitações chegando à conclusão e que somos os mais sofredores, mas mudando a direção de nossa visão, deixando o pessimismo, a falta de esperança, notando a graça de Deus sobre nossas vidas, descobriremos como temos muitos motivos para nos alegrar a agradecer. Se os nossos olhos forem bons, seremos curados da inveja que é tão comum. Inveja que nasce da insatisfação pessoal e dessa falta de visão positiva. Inveja que se manifesta quando queremos ser o outro, não apenas ter o que o outro tem, mas ter o que é do outro.

     Mas reflita! Por que é bom ser o outro? Porque quando pensamos em ser o outro, olhamos para o que há de bom na vida dele, não para os problemas e dificuldades que ele passa. Interessante é que, se conseguimos olhas assim aquele que está fora, também deveríamos ter a mesma visão sobre a nossa vida. Por mais dificuldades que alguém passe, sempre terá inumeráveis fatores positivos a rodeá-lo e é nessas coisas que devemos focalizar os nossos olhos.

        Alguém pode perguntar: Como vou olhar com bons olhos para minha dor? É possível enxergar e agradecer por tudo o que acontece? Devemos saber que olhar os problemas com bons olhos não é a capacidade de interpretar todas as coisas e saber qual o benefício de cada uma delas. Olhas com bons olhos diante das dificuldades é confiar em Deus e saber que todas as coisas cooperam para o bem, mesmo quando não entendemos o porquê. E também deve ficar claro que a Bíblia ensina agradecer em todas as coisas e não por todas as coisas. O que é diferente. - HSG

 

       Devemos olhar com bons olhos para as pessoas, para os acontecimento, para a vida.